Copyright © 2018 JR Assessoria e Produções. Desenvolvido por Ask Media Tecnologia.

  • Instagram JR Assessoria e Produções
  • Twitter JR Assessoria e Produções

Feed do Instagram

Mapa do site

Home               Empresa               Tá rolando!               Casting               Clipping               Parceiros               Contato

Please reload

Tá rolando!

Para Gabriel Leone, paixão por cunhada é inaceitável: ‘Questão moral’

29.08.2017

 

Gabriel Leone explica que seu personagem em Os Dias Eram Assim vive um momento de culpa, já que sua paixão pela cunhada é quase impossível de ser aceita pela sociedade. "Ele sente impotência, tem a questão moral, mas ao mesmo tempo tem um sentimento forte. É contraditório", diz o ator. Na trama das onze, após descobrir que Rimena (Maria Casadevall) espera um filho, o casal vai assumir o romance com a bênção de Renato (Renato Góes).

 

Questionado sobre o que ele faria se passasse por isso na vida real, Leone diz que se seguraria. "Sentimento não se controla, mas tem formas de recuar e não deixar chegar ao ponto que o Gustavo deixou."

 

Aos 24 anos, o ator faz um drama depois do outro. Reconhece que tem uma "pegada dramática" e que tenta não levar o peso do seu trabalho para casa.

 

"Não existe um botãozinho para se desligar de cenas dramáticas, nas quais você se abre e utiliza de seus sentimentos. É algo que reverbera na minha vida de alguma forma. Tento me blindar ao máximo para não levar para casa, mas... É um trabalho psicológico que tenho de fazer comigo mesmo", diz.

 

Depois de estrear em Malhação em 2013, Leone teve ascensão rápida na sua carreira. Ele pulou da novela adolescente para papéis principais em Verdades Secretas (2015), Velho Chico (2016) e agora em Os Dias Eram Assim. "São quase dez anos ralando, fiz muito teatro antes de engrenar na TV. Tenho emendado trabalhos bacanas, mas eu também agarrei as oportunidades. Por menor que seja a oportunidade, como foi a minha em Malhação, que era uma participação de três meses e com um personagem que começou no meio da trama sem saber para onde ia", comenta. Na novelinha, ele fez o psicopata Antônio.

 

Na novela das onze, ele também está mostrando seu lado musical. Leone conta que estudou canto por muito tempo e teve banda. Seu papel na novela foi um convite que veio justamente porque o ator precisava tocar e cantar para fazer Gustavo.

 

A música que o estudante fez para Rimena (Maria Casadevall) é uma composição do ator. "Escrevia bastante na época da banda, mas é uma questão de prática. Como a carreira de ator decolou, eu estou focado nisso. Mas teve essa oportunidade e eu compus a letra."

 

No cinema, Leone também solta a voz. No filme sobre Erasmo Carlos, Minha Fama de Mau, ele interpreta Roberto Carlos. A produção deve estrear só em abril do ano que vem.

 

Como a novela das onze está na reta final, ator afirma que só vai saber mais sobre seu próximo personagem na TV a partir de outubro.

 

Ele fará Hermano em Onde Nascem os Fortes, novela de George Moura e Sérgio Goldemberg dirigida por José Luiz Villamarim com estreia prevista para o primeiro semestre de 2018 também na faixa das 23h.

 

 

 

Fonte: http://noticiasdatv.uol.com.br/mobile/noticia/novelas/para-gabriel-leone-paixao-por-cunhada-e-inaceitavel-questai-moral-16556

Compartilhe
Compartilhe
Curta este post
Please reload

Com 27 kg a mais, Paulinha Leitte lembra loucuras que já fez para perder peso

01.10.2018

1/9
Please reload

Please reload